sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Texto da Clarice Lispector

Oieee genteemm!! 

Tudo bem com vocês? Meu blog está até com teias de aranha de tanto tempo que faz que eu não apareço por aqui... muito feio!! rsrs

Outro dia li um texto muito inteligente da Clarice Lispector (essa Clarisse sempre me surpreendendo rs) e gostaria de compartilhar com vocês...

     "Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. 
     Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes é inútil esforçar-se demais, nada se consegue: outras vezes nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa.
     Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhando, resta-nos um só caminho... o de mais nada fazer."

Bem pensado né? Portanto, se você estiver se esforçando demais por alguém que não te dá o devido valor, pare de se esforçar, pare de correr atrás... se o "ser" a pessoa amada não sentir a sua falta e não vier te procurar, acho melhor você começar a pensar se realmente essa pessoa merece ser amada por você. Pense nisso!!

Bjoness da Re ;)





2 comentários :

Anônimo disse...

Me fez rever alguns conceitos, obrigado por ter postado!

Renata Audi disse...

Que bom!! =) Obrigada por ter comentado!